top of page

Cadeia de Valor - Macroprocessos

Todo o trabalho de estruturação de processos inicia pelo estudo da organização para a elaboração da Cadeia de Valor, identificando todos os seus macroprocessos gerenciais, de negócio e de suporte, utilizando um modelo segundo Porter (Michael Eugene Porter, professor de Harvard).


Para avaliar o contexto da organização, geralmente se utiliza o planejamento estratégico, que foi elaborado através de análises internas e externas para estabelecer o propósito, estratégias, partes interessadas e objetivos estratégicos que nortearão os projetos e ações fundamentais para agregar valor ao negócio e aos clientes.


Entender a organização é fundamental para se obter a Cadeia de Valor de Porter, que é o método mais utilizado para se organizar as atividades gerenciais, primárias e de suporte da empresa e definir as interações, de forma que possa agregar mais valor ao cliente.


Cada conjunto de atividades correlatas podem ser organizadas em macroprocessos, que posteriormente serão divididos em processos na etapa de mapeamento. Esta divisão é obtida em análise com o dono do macroprocesso, normalmente um Gerente, e com os donos de processo (lideranças). Além do desdobramento do primeiro nível (macroprocesso), também realizamos o desdobramento do segundo nível (processo), para obter a relação dos subprocessos (terceiro nível). Com o resultado deste trabalho de análise, obtemos a Arquitetura de Processos, observando os três níveis: macroprocesso, processo e subprocessos.


Gostou do post? Deixe os seus comentários.


Até mais!


Marcelino Silveira

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page